Ay, ay, ay, ay...

Ay, ay, ay, ay...

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Mobília Nova

Vi hoje no telejornal, o monumento que vão fazer para a visita do Papa. Será que era preciso tanto gasto, e para quê? Para ver um homem que tem um passado tão obscuro, ligado à pedofilia (o que é vergonhoso)?

Os padres - não todos - mas a maioria são indignos de falar em Deus. A igreja é a instituição mais rica do mundo, tanto que alguns padres se dão ao luxo de andarem com as fatiotas bordadas a ouro e o calçado das marcas mais caras que há.

Claro que não se esperava que andassem vestidos de sarapilheira como Jesus, quando andava a pregar pelo mundo... claro que não, mas não é preciso tanto

Uma amostra da ostentação é o novo templo em Fátima. E se esses dinheiros, que eu considero mal gastos, fossem utilizados com os que nada têm? Como pregava o verdadeiro Jesus...

Eu não vou ver o papa, tenho coisas mais importantes a fazer e, ao Papa, não dou nenhuma. Sou católica, fui baptizada, fui crismada, fiz a primeira comunhão... mas já há muito tempo que não vou ouvir os padres. Gosto de ir à igreja quando esta está vazia. Aí falo com Deus ou fico simplesmente em silêncio.

Os padres não me dizem nada.

1 comentários:

Fê-blue bird disse...

Ostentação, hipocrisia!
A Igreja que ser o contrário de tudo isto, infelizmente não é!
Por isso é que eu não alinho também nestas "produções".
Um beijinho

Sobre a Emporium

Flores e Flowers

Ocorreu um erro neste dispositivo

Seguidores

  © Blogger Template by Emporium Digital 2008

Back to TOP